domingo, 28 de dezembro de 2014

PENAFIEL EMPATA EM CHAVES

 
Depois de umas mini férias de natal o Penafiel jogou hoje de manhã em Chaves um jogo treino com a equipa flaviense onde empatou a zero bolas. Rui Quinta experimentou vários jogadores contra uma equipa que tem um treinador novo, Carlos Pinto.
  Para a semana há a reabertura do mercado e fala-se que Capela, Bruninho e Henrique irão rescindir com o clube e espera-se os novos reforços penafidelenses para atacar o resto do campeonato. Esperemos pelos próximos dias para saber quem serão os novos jogadores penafidelenses.
  O próximo jogo será com o Benfica dia 4 de janeiro no 25 de abril pelas 19:15.
 

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

PENABOYS ON TOUR

  Os associados da Penaboys foram apoiar mais um jogo do FC Penafiel a Coimbra onde exibiram as suas cores e cantaram até ao fim do jogo. Desde a fundação da associação a equipa rubro negra já visitou a Académica por três vezes e dessas três vezes o Penafiel nunca perdeu, um empate e uma vitória que deram direito a passar à terceira fase da taça da liga e neste fim de semana um novo empate desta vez para o campeonato da primeira liga. 
  Foi mais um dia de festa para estes penaboys que acompanharam a equipa. Pegaram nos seus carros particulares não olharam a despesas e foram apoiar os nossos jogadores. Desta vez foram estes, para o próximo jogo vão outros, mas uma coisa é certa os Penaboys estão sempre presentes. São poucos mas demonstram bem o amor ao seu clube. Obrigado a todos os elementos que fazem parte desta associação que levam as cores do nosso clube pelo país de norte a sul. OBRIGADO

RESUMO, ACADÉMICA 1-1 PENAFIEL

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

ACABAR O ANO FORA DA LINHA DE ÁGUA É SEMPRE BOM

O Penafiel conseguiu um empate no estádio de Coimbra e continua fora da linha de água ganhando um ponto a todos os adversários diretos exceptuando o Arouca que venceu o Marítimo no seu reduto.
  Em Coimbra a equipa da casa foi sempre mais forte e jogou preferencialmente pelas alas. Tony e Vitor Bruno tiveram sempre dificuldades em travar as investidas dos jogadores da briosa e tiveram uns furos abaixo dos últimos jogos.
  Os golos aconteceram na segunda parte e o Penafiel foi o primeiro a marcar aos 49 minutos através de Quinones, que fez o seu segundo golo e consecutivo em jogos do campeonato. Foi um bom início de segunda parte que colocou o Penafiel em vantagem. A Académica foi atrás do golo remetendo o Penafiel para o seu meio campo. Rui Quinta demorou a fazer substituições para inverter a avalanche da equipa de Paulo Sérgio e Ivanildo vindo de uma ala fez um grande remate em arco batendo Haghighi aos 68 minutos. Depois do empate o empate o técnico penafidelense fez entrar Rafa substituindo Romeu Ribeiro. A Académica com Shumacher na frente de ataque ponta de lança possante criou algumas dificuldades à defesa penafidelense mas com concentração os penafidelenses souberam sempre retirar a bola das zonas de perigo. Aos 80 minutos Rui Quinta surpreendeu em retirar um homem do meio campo André Fontes e colocar em campo Guedes. Em alguns contra ataques o Penafiel podia também ter feito o golo mas os jogadores penafidelenses não tiveram arte para tal. No entanto os penafidelenses bateram-se bem e nunca deram um lance como perdido. Parabéns a todos.
  A arbitragem de Cosme Machado foi muito "caseira", pois qualquer falta do Penafiel tinha direito a cartão amarelo não havendo dualidade de critérios.
  O resultado final foi 1-1  o que satisfez os rubro negros, pois era importante não perder para continuar à frente na tabela classificativa do clube de Coimbra. 

O Penafiel alinhou com Haghighi, Tony, Pedro Ribeiro, Ferreira, Vitor Bruno, Romeu Ribeiro (Rafa, 74'), André Fontes (Guedes, 80'), João Martins, M'Bala (Aldair, 46'), Quinones e Rabiola.
 Suplentes não utilizados: Coelho, Dani, Nelson e Capela.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

GALO NA MÃO FUGIU

  Ontem o FC Penafiel despediu-se da taça de portugal perdendo em Barcelos por 2-1 frente ao Gil Vicente. Os golos aconteceram todos na segunda parte com o Penafiel a marcar primeiro por intermédio de Guedes de grande penalidade aos 63 minutos. A equipa de Rui Quinta dominava o jogo mas aos 80 minutos, enquanto os jogadores penafidelenses protestavam a equipa gilista marcou rapidamente a falta e fez o empate. Os últimos 10 minutos o Gil Vicente pouco atacou mas nos descontos Evaldo aos 95 minutos fez o 2-1 final para os barcelenses deixando o FC Penafiel nos quartos de final.
  Pelo que o FC Penafiel fez durante os 90 minutos merecia passar à eliminatória seguinte mas como Rui Quinta disse no final da partida, " só nos podemos queixar de nós". Consentimos os golos gilistas e fomos eliminados. O jogo dura 90 minutos, neste caso até durou 96 e há que ter concentração até ao final da partida, não foi o que aconteceu e mais uma vez o objetivo Taça ficou pelos oitavos de final.

O Penafiel alinhou com: Coelho, Tony, Pedro Ribeiro, Ferreira, Vitor Bruno, Romeu Ribeiro (Bruninho,95'), João Martins, André Fontes, Aldair, Quinones (M'Bala, 78') e Guedes (Rabiola, 86').
Suplentes não utilizados: Tiago, Paulo Grilo, Dani e Nelson Lenho.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

QUARTOS DE FINAL É OBJETIVO

  Amanhã o FC Penafiel desloca -se a Barcelos para defrontar o Gil Vicente em jogo a contar para os oitavos de final da taça de portugal. A equipa penafidelense  está confiante, obteve duas vitórias moralizadoras no campeonato e quer seguir em frente na taça de portugal. Para isso terá que ganhar em Barcelos frente a uma equipa que ainda não ganhou esta época para o campeonato e na taça de portugal ultrapassou o Real no seu reduto com o resultado a ser de 2-1  e na última eliminatória só nas grandes penalidades venceu o Varzim.
  Uma derrota para o Gil Vicente agravará a situação desportiva gilista ao contrário dos penafidelenses que ganharão mais confiança para o campeonato.
  É um jogo de taça e tudo pode acontecer, mas sem dúvida as percentagens estão divididas.
   Rui Quinta reencontrará a outra equipa que já treinou nos campeonatos profissionais como treinador principal, onde não foi muito feliz saindo à 21.ª jornada deixando a equipa no 10.º lugar a 4 pontos dos lugares de descida.
  Para amanhã o técnico penafidelense não convocou Haghighi dando o lugar a Coelho e tem um problema na defesa, pois apenas conta com um defesa central. No site oficial do clube (Facebook) na convocatória apenas Pedro Ribeiro está no lote dos disponíveis, estando João Pedro e Bura lesionados. Curiosamente Henrique não aparece nem nos convocados nem nos lesionados... E havendo falta de centrais para este jogo, no mínimo é uma situação estranha...
 A convocatória é a seguinte: Coelho, Tiago, Dani, Tony, Pedro Ribeiro, Ferreira, Vitor Bruno, Paulo Grilo, Nelson Lenho, Rafa, Romeu Ribeiro, João Martins, André Fontes, Bruninho, M'Bala, Aldair, Quinones, Guedes e Rabiola.
  Os Penaboys acompanharão a equipa mesmo em dia de semana onde apoiarão a equipa como costumam fazer em todos os jogos.
  O preço dos bilhetes será de 5 euros para sócios de ambos os clubes, sendo preciso estar acompanhado do cartão de sócio.
  

domingo, 14 de dezembro de 2014

FC PENAFIEL EM ALTA

   O FC Penafiel conseguiu mais uma vitória na primeira liga, desta vez frente ao Nacional da Madeira, o resultado foi de 2-1.
  Foi a segunda vitória consecutiva que deu direito a sair dos lugares de despromoção atirando o Arouca, Académica e Gil Vicente para trás da equipa penafidelense.
   A equipa de Rui Quinta entrou bem em jogo e tentou tomar conta da partida, o que aconteceu nos primeiros minutos, mas rapidamente o Nacional equilibrou o jogo. Aos 27 minutos João Pedro lesionou-se e Ferreira teve que ocupar o lugar de defesa central. Na primeira parte foi o Nacional que teve as melhores oportunidades de golo mas Haghighi esteve a bom nível e negou sempre o golo aos madeirenses. Aos 41 minutos numa bola parada Quinones fez o 1-0 num bom golpe de cabeça que desfeiteou Gottardi.
  Ao abrir a segunda parte após um canto, Pedro Ribeiro muito bem ganhou nas alturas e assistiu Rabiola que fez o 2-0.
 O Nacional tentou responder mas nunca conseguiu ter grandes oportunidades de golo. Manuel Machado lançou jogadores em campo mas só aos 80 minutos minutos marcou através do sul coreano Suk. Haghighi saiu muito mal dos postes e deixou a baliza escancarada para o avançado madeirense. 
  Nos últimos minutos O Nacional ainda teve uma oportunidade de golo mas o remate saiu por cima da baliza.
  Foi uma vitória importante, a terceira do campeonato para Rui Quinta que deixou os penafidelenses no estádio bastante contentes.
  O jogo que se segue é com a Académica e uma derrota poderá fazer voltar o Penafiel aos lugares de descida. Como o treinador penafidelense afirmou, a equipa não se pode iludir e todos os jogos dar o máximo. A Académica também é um candidato à descida e será importante não perder em Coimbra.

 O Penafiel alinhou neste jogo com Haghighi, Dani, Pedro Ribeiro, João Pedro (André Fontes, 27),  Vitor Bruno, Romeu Ribeiro, Ferreira, João Martins, Quinones, M'Bala (Aldair, 82) e Rabiola (Guedes, 68).
 Suplentes não utilizados: Coelho, Grilo, Nelson e Bruninho.

RESUMO, PENAFIEL 2-1 NACIONAL

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

TODOS AO 25 DE ABRIL

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

RESUMO

ESTAMOS VIVOS

  O FC Penafiel conseguiu uma vitória ontem em Arouca  e está apenas a um ponto de sair dos lugares de descida. O golo foi marcado por Capela aos 13 minutos num remate à meia volta, golo esse que deu três pontos aos penafidelenses.
 Foi um jogo sem grande interesse  e equilibrado até aos 70 minutos.
  O Arouca teve a seu favor muitas bolas paradas criando algum perigo para a baliza de Haghighi, mas os defesa penafidelenses e o guardião iraniano souberam sempre travar as investidas dos jogadores do Arouca. Na segunda parte Vitor Bruno num remate em jeito fora da área atirou a bola à barra sendo a melhor ocasião de golo dos penafidelenses. Aos 70 minutos Tony foi mais uma vez expulso e a partir desse instante previa-se que o FC Penafiel iria sofrer. Foi o que aconteceu até ao final da partida mas verdadeiro perigo e grandes oportunidades de golo nunca houve. Aos 90 minutos Haghighi sofreu uma carga e teve quase a sair de campo devido a lesão, mas aguentou até ao fim.
  Foi uma grande vitória dos nossos jogadores, estão de parabéns pois conseguiram uma vitória importante com uma equipa que também está no lote de equipa que podem descer. Já se sabe que esta vitória não valerá nada se nos próximos jogos não tivermos resultados positivos. Os dois seguintes jogos são igualmente importantes com o Penafiel a receber o Nacional e uma deslocação a Académica. Não nos esqueçamos que ainda estamos abaixo da linha de água e é preciso fazer mais pontos. FORÇA PENAFIEL

 O Penafiel neste jogo alinhou com Haghighi, Tony, Pedro Ribeiro, João Pedro, Vitor Bruno, Capela (Romeu Ribeiro, 66), Ferreira, João Martins (Dani, 70), Quinones (Aldair, 60'), M'Bala e Rabiola. 
Suplentes não utilizados: Coelho, Nelson, André Martins e Guedes

sábado, 6 de dezembro de 2014

RAFA DE FORA


 Rafa não recuperou da lesão e amanhã não irá defrontar o Arouca sendo a principal baixa para este jogo. Bura e Henrique também não viajarão para Arouca estando ainda lesionados. O jogo será às 16:00

 Será um jogo muito importante  e todos esperamos um resultado positivo. Os jogadores não estarão sozinhos e os Penaboys estarão no estádio apoiar a equipa. FORÇA PENAFIEL

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

BATERIAS APONTADAS A AROUCA

   Depois da humilhação no 25 de abril as baterias estão apontadas para Arouca. Rui Quinta já começou a trabalhar a tática para o jogo de domingo, mas com alguns jogadores lesionados casos de Bura, Rafa e Henrique. Estes jogadores não participaram na primeira sessão de trabalho da semana, Bura já algum tempo que se encontra lesionado, Rafa é uma preocupação e é um jogador que ainda poderá jogar em Arouca dependendo da sua recuperação. Henrique que foi convocado no último jogo, mas ficando no banco ressentiu-se da lesão, não se percebendo porquê, não jogou nem treinou, como é que é possivel ressentir-se da lesão?
 Os restantes jogadores estão disponíveis para o jogo, que não é decisivo mas é muito importante para aspirações penafidelenses, pois em caso de vitória do Arouca, o Penafiel ficará a 8 pontos da mesma e o Arouca é uma equipa candidata à descida. Mas com 8 pontos de diferença será muito difícil alcança los. Na segunda liga duas ou três vitórias a classificação muda radicalmente, na primeira liga não é bem assim e uma equipa como o Penafiel será dificil alcançar 3 vitórias consecutivas pois há adversários de gabarito.
  Rui Quinta afirmou que o jogo do Braga não era do nosso campeonato, mas o mister está errado. O Braga é do nosso campeonato. A equipa de Sérgio Conceição por exemplo perdeu em Arouca e empatou na Académica e Moreirense. Essas equipas amealharam pontos e o Penafiel perdeu por 1-6.
Por exemplo o Boavista empatou no Dragão e por isso todos os jogos favoritos ou não temos sempre esperança de pontuar. Na segunda volta a equipa penafidelense irá a Braga, que dirá Rui Quinta aos seus jogadores antes do jogo??  " se perderem não faz mal que o Braga não é do nosso campeonato"????. O discurso tem que mudar e é já para o próximo domingo.
  Estamos a tempo de ficar na primeira liga mas é preciso amealhar pontos e não perder com equipas que também lutam para não descer, caso do Arouca.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

HENRIQUE E BRUNINHO GOZAM COM SITUAÇÃO PENAFIDELENSE

  No final do jogo do Penafiel 1-6 Braga, alguns adeptos penafidelenses foram mostrar o seu descontentamento na porta de saída dos jogadores, não insultando ninguém, dizendo apenas frases como " joguem à bola", " isto não pode continuar assim" e " isto é vergonhoso". Alguns adeptos eram penaboys, outros eram sócios há muitos anos do nosso clube. 
   Alguns jogadores estiveram muito mal, casos de Henrique e Bruninho, que ao saírem  tiveram coragem de olharem para trás e rirem-se de algumas pessoas de idade que mostravam o seu descontentamento. Ora isso é uma falta de respeito para com os nossos adeptos e até com o clube, pois pareceu que  para eles a situação lhes era indiferente. Nota-se que não sentem o clube e só vieram para Penafiel ganhar o seu ordenado, pois numa situação destas nunca se deve gozar com a situação nem com os adeptos e eles o fizeram.  Foram duas contratações falhadas a todos os níveis, não se sabe quem foi o autor destas contratações, mas quem foi, não pensou muito bem no seu historial como jogador, não se precisa de perceber muito de futebol para ver que estes jogadores não iam dar em nada. Henrique em três anos fez 9 jogos no total, sabendo-se que é um jogador cheio de lesões, assinou pelo Olhanense nunca jogou, assinou pela Académica nunca jogou e assinou pelo Braga e nunca jogou. É preciso perceber de futebol para saber que este jogador não ia dar em nada???
 O Bruninho andou sempre nas distritais e II-B e nas últimas duas épocas representou o Vitória de Setúbal equipa pela qual realizou apenas 4 jogos a titular.
 Desportivamente não dão nada ao FC Penafiel e além disso não valem nada como pessoas, pois a atitude que tiveram comprova isso.
  Nem tudo foi mau e alguns jogadores foram "homens" e tiveram coragem de ir ter com os adeptos, esses jogadores foram Rafa, Vitor Bruno, Coelho, Dani, Pedro Ribeiro e João Pedro. Ouviram as críticas, aceitaram-nas e falaram com os adeptos. Ora é nestes momentos que se vê os jogadores que  se preocupam com o clube e com os seus adeptos. Estes jogadores irão ter sempre a admiração dos penafidelenses. Os outros jogadores não se viram e alguns até fugiram, tentando-se esconder dos adeptos. 
 Henrique e Bruninho caso vistam a camisola pelo Penafiel irão ser sempre assobiados e nem um pedido de desculpas alterará essa situação, pois faltas de respeito com os penafidelenses e ainda por cima pessoas de idade não se admite.

  

domingo, 30 de novembro de 2014

VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA...

Rui Quinta disse à uma semana que " Já percebemos melhor os terrenos que pisamos". Mas quais esses terrenos? Uma goleada por meia dúzia de golos??? O FC Penafiel vai de mal a pior e esta goleada veio confirmar isso. Já não vale apena o discurso de que tudo vai melhorar, porque não vai acontecer.
 A equipa desde o início foi mal estruturada e mal orientada e contratações em janeiro já virão tarde. Os jogadores contratados no início da época não têm qualidade e a época que estamos a fazer deve-se a isso.
 Ontem aconteceu mais uma desgraça, sofrer 6 golos no 25 de abril não há memória e com este andar corremos sérios riscos de fazer a pior época de sempre.
  O Penafiel nos primeiros 30 minutos até jogou de igual para igual mas depois a eficácia bracarense veio ao de cima. Aos 12 minutos o Braga já se encontrava a ganhar, depois de uma bola ser metida no meio da defesa penafidelense. O Penafiel respondeu com uma grande penalidade a ser convertida por Rabiola. Era um resultado justo até à meia hora de jogo, mas depois o Braga acelerou um pouco e nunca mais se viu o Penafiel. Antes do intervalo o Braga fez o 1-2 de bola parada e foi para o descanso a ganhar. Na segunda parte os golos bracarenses foram aparecendo naturalmente e aos 62 minutos  quando o resultado já estava 1-4 Rui Quinta fez a primeira substituição. A troca de jogadores não deu em nada e o Penafiel ainda sofreu mais dois golos. Mais uma vez as debilidades notaram-se em todos os setores. Na defesa as bolas chegavam aos avançados bracarenses sem oposição, no meio campo não havia criatividade e no ataque não há golos. Assim a tarefa fica complicada e a segunda divisão apesar de ainda estarmos na 11.ª jornada fica cada vez mais perto.
  Os adeptos estão descontentes e as bancadas cada vez mais vazias. E com a vergonha que se passou ontem as coisas tendem em piorar.
 Penafiel alinhou com Haghighi, Dani, Pedro Ribeiro, João Pedro, Vitor Bruno, Romeu Ribeiro (André Fontes 63'), Ferreira, João Martins, Aldair (Guedes 62') M'Bala e Rabiola (Rui Miguel 66'). Suplentes não utilizados: Coelho, Nelson Lenho, Quinones e Capela.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

PENAFIEL - BRAGA, NÃO FIQUES EM CASA


O FC Penafiel recebe amanhã o SC Braga em jogo a contar para a 11.ª jornada da primeira liga. O historial entre as duas equipas no 25 de abril dá uma clara vantagem à equipa penafidelense. Em 12 encontros a contar para a primeira divisão o Penafiel venceu nove, havendo um empate e apenas duas vitórias para os minhotos. Mesmo na época 2005-2006 em que o Penafiel obteve uma época desastrosa o Braga não foi além de um empate a zero bolas no 25 de abril, sendo a última vez em que os clubes jogaram entre si.
  Historicamente o Braga tem grandes dificuldades em Penafiel e amanhã espera-se tal facto.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

GIL VICENTE É O ADVERSÁRIO NA TAÇA DE PORTUGAL


  O Gil Vicente foi o clube sorteado para defrontar o FC Penafiel na Taça de Portugal. O jogo está agendado para o dia 17 de dezembro, uma quarta feira. Será um jogo entre as duas equipas que ocupam os dois últimos lugares na primeira divisão. Será um jogo equilibrado tendo o Gil Vicente vantagem porque joga em casa.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

RESUMO, PENAFIEL 1-0 AVES

domingo, 23 de novembro de 2014

DEVER CUMPRIDO, PENAFIEL NOS OITAVOS

O FC Penafiel venceu hoje o Desportivo das Aves por 1-0 e seguiu em frente na Taça de Portugal. 
  A equipa penafidelense esteve uns furos acima do que é habitual e dominou a partida durante quase toda a partida. O início do jogo os rubro negros entraram fortes e logo aos 5 minutos, Rabiola podia ter inaugurado o marcador mas isolado rematou muito fraco à figura de Quim. Aos 16 minutos depois de um cruzamento de M'Bala e de um mau alívio de um defesa avense João Martins apanhou a bola a jeito e rematou à entrada da área para fazer o 1-0. O Aves tentou responder e através do antigo jogador penafidelense Caballero criou algum perigo para Coelho. Até ao intervalo o jogo em oportunidades esteve repartido.
  Na segunda parte Rafa ficou no balneário por precaução e entrou Romeu Ribeiro, o Penafiel entrou mais forte  e criou algumas situações de golo criadas sempre pelas alas, mas o golo nunca chegou acontecer. Aos 76 minutos um jogador do Aves que entrou na partida aos 66 minutos levou o cartão vermelho devido a uma entrada muito feia sobre Vitor Bruno. A partir daí as coisas ficaram mais facilitadas para a equipa de Rui Quinta, circulou a bola e ainda teve algumas ocasiões de golo, a mais flagrante de Bruninho que entrou para o lugar de João Martins quase acabar o jogo, o remate saiu enrolado e fraco depois de um bom trabalho de M'Bala na esquerda.
  O jogo chegou ao fim e a vitória pertenceu ao Penafiel.  Foi um jogo razoável do dos penafidelenses, mas não esquecendo que jogou com uma equipa fraca que pouco trabalho deu aos jogadores do Penafiel. Contudo é a segunda vitória consecutiva apesar de estas serem com equipas de segunda liga.
  Novamente o FC Penafiel está a fazer uma boa campanha na Taça de Portugal faltado agora saber o adversário nos oitavos de final, o sorteio será esta semana.

O Penafiel alinhou com Coelho, Dani, João Pedro, Pedro Ribeiro, Vitor Bruno, Rafa (Romeu Ribeiro 45'), Ferreira, João Martins ( Bruninho 88'), M'Bala, Aldair e Rabiola (Guedes 67'). 
Não utilizados: Tiago, Tony, Grilo e Rui Miguel.

MISTER RUI QUINTA É IMPERATIVO GANHAR

  O Penafiel irá receber o Desportivo das Aves em jogo a contar para a Taça de Portugal e um resultado que não uma vitória não se aceita. Já chega de maus resultados e contra uma equipa de segunda liga que está a três pontos dos lugares de descida só uma vitória importa nos 90 minutos. Já não há paciência para derrotas e discursos de vitórias morais, discursos estes que Rui Quinta tem proferido já não são bem recebidos entre os adeptos penafidelenses.
  Para o treinador penafidelense parece que está sempre tudo bem e aceita as derrotas como se nada fossem, como se fosse um resultado normal, os sócios rubro negros estão fartos de más exibições, maus resultados, jogadores lesionados que nunca jogaram e más opções no onze inicial e discurso de que está tudo bem...VITÓRIAS E BOAS EXIBIÇÕES NECESSITAM-SE.
  Para este jogo Rui Quinta pode contar com Haghighi que já está em Penafiel depois de representar a seleção. Bura e Henrique como sempre estão lesionados e não poderão dar o contributo à equipa.
  O jogo será às 15:00 horas e os bilhetes para associados apenas custam 3 euros. Mesmo assim espera-se poucos adeptos no estádio pois as exibições e resultados não têm ajudado a manter os poucos associados que temos nas bancadas.
   

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

VITÓRIA NÃO SERVIU E PENAFIEL FOI ELIMINADO

   O FC Penafiel venceu ontem o Covilhã por 1-0, mas a vitória não chegou para passar à 3.ª fase da Taça da Liga.
 A equipa penafidelense tinha que vencer por dois golos de diferença para no mínimo ir às grandes penalidades, tal facto não aconteceu e a equipa liderada por Rui Quinta foi eliminada da taça liga. Por isso um dos objetivos da época foi por água abaixo. A passagem à próxima fase traria dinheiro, prestígio e mais dinheiro com receita de bilheteira.
   Rui Quinta está satisfeito com a exibição dos jogadores penafidelenses, dando a resposta ao murro na mesa do presidente António Gaspar Dias. Ora se o técnico penafidelense está satisfeito com a exibição, os adeptos não o acham, pois estão desiludidos tanto com a exibição da equipa como com a eliminação da Taça da Liga.
    O discurso de Rui Quinta é sempre o mesmo dizendo que as coisas estão e melhorar, mas a verdade é que pelo mais que os jogadores se esforçem os resultados não aparecem e esta eliminação desta competição comprova isso.
  O Covilhã é uma equipa de meio de tabela da segunda liga e o FC Penafiel é uma equipa de primeira liga e tinha a obrigação de avançar na competição mas tal facto não aconteceu.
 Falando do jogo, a equipa penafidelense até dominou o encontro e marcou cedo através de Rabiola aos 7 minutos mas o domínio não se concretizou em grandes oportunidades de golo. Ferreira jogou à frente de João Martins e Rafa não se percebendo porquê e falta de criatividade nos lances de ataque foram evidentes.
  A equipa de Francisco Chaló tinha uma vantagem de dois golos  e conseguiu levar a melhor sobre o seu antigo clube.
  Domingo há a Taça de Portugal e uma derrota com  o Aves que este ano está a lutar para não descer fará os adeptos penafidelenses revoltarem-se. Ainda houve palmas no final deste último jogo, com o Aves se acontecer uma derrota as palmas acabarão. Já não há paciência...
 
Neste jogo da taça da liga o Penafiel alinhou com Coelho, Dani, João Pedro, Pedro Ribeiro, Vitor Bruno, Rafa (Rui Miguel, 71'), João Martins, Ferreira, M'Bala (Quinones, 62'). Aldair e Rabiola (Guedes, 75).
Suplentes não utilizados: Tiago, Tony, Paulo Grilo e Romeu Ribeiro.

Assistência: Cerca de 350 espetadores

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

PENAFIEL PERDE COM EQUIPA FRACA, COMO É POSSIVEL ?

O FC Penafiel perdeu com o Boavista no Bessa por 1-0 sendo o resultado lisonjeiro. O Boavista na segunda parte teve várias oportunidades de golo e se o Penafiel perdesse por 3 ou 4, não admirava nada.
  O que admira é uma equipa que veio do campeonato nacional de seniores ganhar a um Penafiel que teve todo o tempo para formar um plantel de primeira liga.
  A primeira parte foi equilibrada com poucas oportunidades de golo, sendo as poucas que houve para o Boavista.
  Na segunda parte o Boavista dominou por completo o jogo e criou várias oportunidades de golo. Haghighi foi a figura do encontro fazendo um punhado de boas defesas anulando o golo até onde foi possível.
 A melhor situação de golo penafidelense saiu de uma jogada entre Rui Miguel e M'Bala que cruzou muito bem para Aldair, mas o extremo penafidelense rematou bem por cima da baliza, quando tinha tudo para fazer o golo.
  O Boavista marcou a 10 minutos do fim depois de um cruzamento em que Aldair se queixou de uma mão na cara. O cruzamento foi executado quase sem oposição e na área Pedro Ribeiro e Tony não estiveram à "altura" e a bola sobrou para Carlos Santos que fez o resultado final.
  Rui Quinta foi obrigado a mexer no onze inicial. Algumas lesões e Ferreira que adoeceu durante a semana fizeram Rui Quinta colocar mais um onze diferente. Algumas opções no mínimo discutíveis como por exemplo colocar Tony (muito lento) a defesa direito sabendo que havia Brito do outro lado, um extremo rápido. Com Ferreira fora, Romeu Ribeiro era uma boa opção para o seu lugar, um jogador com raça que podia discutir os lances com os aguerridos jogadores boavisteiros. Rui Miguel a jogar a número 10 voltou a ver-se que não é uma grande opção. 
O melhor deste jogo foi sem dúvida Haghighi que depois de várias criticas durante a semana deu uma boa resposta.
  O Penafiel e Gil Vicente estão se a distanciar dos outros clubes que lutam pela manutenção e a situação é preocupante. E agora a equipa penafidelense irá jogar com o Braga.

O Penafiel alinhou neste jogo com Haghighi, Tony, Pedro Ribeiro, João Pedro, Nelson Lenho (Quinones, 90'), André Fontes, João Martins, Rui Miguel (Guedes, 57') M'Bala (Vitor Bruno, 77), Aldair e Rabiola.
Suplentes não utilizados: Coelho, Dani, Rafa e Romeu Ribeiro.

 

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

terça-feira, 4 de novembro de 2014

NOVELA HAGHIGHI CONTINUA


Depois de tantas semanas para contratar o guarda redes que esteve no mundial de futebol a novela Haghighi continua em Penafiel, e parece que não há maneira de Haghighi se sentar no banco de suplentes.
  O iraniano com o Sporting esteve mal em alguns lances, com o Rio Ave meteu um frango de todo o tamanho e com o Estoril sofreu dois golos de livre.
  Os golos foram de grande execução, mas será que o guarda redes não podia ter feito melhor ?
  À primeira vista no estádio o primeiro golo pareceu mais um grande frango, mas depois de ver as imagens na televisão vê-se que não foi tanto assim. Os remates de Rafael e Tozé foram muito bem marcados, mas os remates não eram indefensaveis.

 Nas imagens aqui apresentadas, mostram a posição de Haghighi na altura dos remates. Sinceramente a posição do iraniano não é a melhor. Entre o guarda redes e o primeiro poste há tanto espaço que era difícil não marcarem golo. Com este posicionamento entre os postes nem o melhor guarda redes do mundo conseguia travar este remate. Haghighi encosta-se demasiado ao poste mais distante da bola, ainda para mais os livres foram muito descaídos para as laterais. E obviamente Haghighi foi mal batido.
  Temos o Coelho no banco de suplentes, guarda redes que na época passada deu tanta confiança na subida de divisão e não meteu metade da "água" que Haghighi meteu em meia dúzia de jogos.
  Mas o porquê de Haghighi continuar a defender ? Se há alguma clausula em que o jogador tenha que jogar uns tantos jogos, essa cláusula se existir nunca devia ter sido feita. Se é uma opção técnica, está na hora de dar a vez a Coelho. Os interesses do FC Penafiel estão acima de tudo.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

CLASSIFICAÇÃO E CURIOSIDADES


Clica na imagem
 A equipa de Rui Quinta já conta com três derrotas consecutivas e na classificação está em penúltimo lugar com apenas 4 pontos. As equipas que seguem à fente do Penafiel na tabela , são também candidatas à descida e elas são, Boavista, Arouca, Académica e Setúbal, tendo elas 7 e 8 pontos.
  Analisando o calendário destas equipas que lutam para não descer o Penafiel e o Boavista já jogaram com 7 adversários que se encontram nas primeiras dez posições. O Moreirense e Belenenses que no início do campeonato estavam no lote de equipas que poderiam descer de divisão estão bem classificadas com 13 e 14 pontos.
  Arouca, Gil Vicente e Setúbal só jogaram por 5 vezes com os 10 primeiros classificados e a Académica apenas 4. As próximas jornadas fora de portas, o FC Penafiel irá defrontar Boavista, Arouca e Académica, equipas que lutam pela permanência e é aí que o Penafiel não pode perder pontos. A única vez que o Penafiel jogou com uma equipa deste lote que lutam pela permanência venceu e venceu bem. Apesar de haver muito campeonato pela frente as próximas jornadas serão decisivas e vão servir para ver se o Penafiel voltará a ser o bombo da festa como aconteceu em 2005-2006 ou se a equipa se irá encostar aos outros clubes
que lutam pela permanência.

domingo, 2 de novembro de 2014

GOLOS DE BOLA PARADA DECIDIRAM

Mais uma vez o Penafiel voltou a perder 3 pontos no estádio 25 de abril desta vez com o Estoril Praia.
 A equipa orientada por José Couceiro colocou-se em vantagem logo nos primeiros minutos de jogo através de um livre executado por Rafael. Foi um mau começo de partida para o FC Penafiel que teve de correr atrás do prejuízo mas que na primeira parte nunca tiveram um remate de verdadeiro perigo. Os estorilistas anularam sempre as jogadas dos jogadores rubro negros.
  Na segunda parte a equipa de Rui Quinta entrou melhor, tentou o golo, mas depois de uma falta muito duvidosa assinalada por Duarte Gomes Tozé fez o 2-0 novamente de livre direto.
 Foi o desânimo total nos jogadores e nas bancadas.
   Rui Quinta colocou em campo M'Bala e Rabiola e os dois jogadores mexeram com o jogo, mostrando alguma agressividade no ataque algo que durante a partida não houve. Aos 85 minutos Rabiola foi derrubado na área e o próprio cobrou a grande penalidade reduzindo para 1-2. Nos últimos minutos o Penafiel tentou o golo do empate e quase conseguiu. Os homens que mexeram com o jogo tiveram nos pés a oportunidade de igualar a partida, mas o remate de M'Bala não foi colocado atirando na direção do guarda redes e na recarga Rabiola rematou muito fraco.
  O jogo acabou e o Penafiel tinha perdido mais uma vez. É verdade que o Penafiel não fez um grande jogo, mas o Estoril apenas marcou de bola parada e um empate até se justificava pelo que a equipa fez na segunda parte. Mas também é verdade que a equipa precisa de qualidade e só em janeiro se pode resolver esse problema. 
  Na classificação o Penafiel não está tão mal como se parece, o Gil Vicente voltou a não ganhar, o Setúbal perdeu, o Arouca empatou e uma vitória do Penafiel colocará a equipa no lote destas equipas com diferença de um ou dois pontos. Já sabíamos que ia ser assim esta primeira liga e é preciso acreditar. Um resultado positivo no Bessa no próximo domingo é preciso. Nada está perdido e há muito campeonato pela frente. FORÇA PENAFIEL

O Penafiel alinhou com Haguigui, Dani, Nelson Lenho (Vitor Bruno, 61'), Pedro Ribeiro, João Pedro, Ferreira, André Fontes, Quinones (M'Bala, 74'), Aldair, Rui Miguel e Guedes (Rabiola, 71').
Não utilizados: Coelho, Grilo, João Martins e Capela.

RESUMO, PENAFIEL 1-2 ESTORIL

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

É PRECISO UMA VITÓRIA

  Amanhã o FC Penafiel joga a 9.ª jornada com o Estoril Praia num jogo em que é preciso os três pontos. Já estamos numa altura em que os empates não chegam e só uma vitória nos fará sair dos lugares de descida. Temos 4 pontos e um resultado negativo no 25 de abril amanhã irá afundar o clube na tabela classificativa, criando um fosso entre o Penafiel e as equipas que lutam pela manutenção que estão no meio da tabela. O Estoril não está a fazer um grande campeonato e por isso há que aproveitar esse facto.
  A paciência dos adeptos está-se a esgotar e os penafidelenses já só falam das contratações de inverno. Os jogadores atuais do plantel têm que se esforçar mais pois se as vitórias não aparecerem os assobios vão ser inevitáveis. Garra, atitude, concentração e golos é o que se pede amanhã.
  Para o jogo Rui Quinta não pode contar com Bura e Rafa ambos lesionados e Tony castigado, mas João Pedro volta depois de cumprir um jogo de castigo.

  A convocatória é a seguinte: Coelho e Haguigui para a baliza, na defesa temos João Pedro, Pedro Ribeiro, Nelson Lenho, Dani e Grilo, no meio campo Ferreira, Capela, André Fontes e João Martins, para a frente temos Rui Miguel, Guedes, Rabiola, Adair, M'Bala, Quinones e Vitor Bruno.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

AS NOSSAS CAMADAS JOVENS

Hoje vamos dar uma vista de olhos pelas principais equipas das nossas camadas jovens. O balanço para já é positivo, pois as equipas que estão a jogar os nacionais têm feito bons resultados.
 Os juniores que estão a disputar o nacional da segunda divisão este fim de semana obtiveram uma vitória por 4-1 sobre o Lusitânia de Lourosa. Neste momento a equipa encontra se em 2.º lugar com 15 pontos atrás do Feirense que tem 25 pontos. Lembramos que apenas os dois primeiros lugares de cada série dão acesso ao play-off de promoção.
  Os juvenis que disputam o nacional conseguiram a sua segunda vitória vencendo o Leixões por 2-1 encontrando-se em 7.º lugar com 9 pontos numa série de 10 equipas.
  Os iniciados que também discutem o nacional venceram  o Leixões e encontram-se bem classificados estando em 5.º lugar com 13 pontos na tabela classificativa.
  Os infantis, escalão que nos têm dado muitas alegrias nos últimos dois anos perderam com o Amarante por 2-1 e já estão a 6 pontos do play-off.
  Nos vários escalões de uma maneira geral pode-se dizer que pelas classificações as coisas estão bem encaminhadas para se cumprir os objetivos. Parabéns a todos.
 

terça-feira, 28 de outubro de 2014

ERROS A MAIS PARA UMA EQUIPA DE PRIMEIRA LIGA

O FC Penafiel perdeu ontem no estádio dos arcos por 3-2 com os golos penafidelenses a serem marcados por Ferreira e Guedes.
  Na primeira parte o Rio Ave a jogar em casa jogou um melhor futebol e criou algumas oportunidades de golo.
  O primeiro golo da partida aconteceu aos 15 minutos, Tony é ultrapassado facilmente, Haguigui não segura uma bola fácil e Ukra foi só encostar para a baliza.
  O 2-0 zero começou em Cássio que num pontapé isolou Esmael que ultrapassou o guardião iraniano e fez o 2-0 tranquilamente. O Penafiel ficou um pouco desnorteado, mas Ferreira antes de acabar a primeira parte fez o 2-1 e alguma esperança num resultado que não fosse a derrota. Na segunda parte a equipa de Rui Quinta entrou com vontade de mudar o rumo dos acontecimentos. Aldair aos 63 minutos foi derrubado e Guedes na conversão da grande penalidade não perdoou e fez o empate a duas bolas. Volvidos 3 minutos o Rio Ave colocou-se novamente em vantagem. Vitor Bruno demorou a sair da linha de defesa e permitiu que Hassan estivesse em posição legal para desfeitear Haguigui.
  Os jogadores mais uma vez debateram-se como uns guerreiros, mas algumas falhas aconteceram e ditaram esta derrota. A equipa está a subir de rendimento de jogo para jogo, só falta mesmo aparecer os resultados. É preciso jogar sempre com garra e corrigir estas falhas. Por falar em falhas, está na hora de Haguigui dar o lugar a Coelho, foi mais um jogo que não deu grande confiança aos seus colegas, nos cruzamentos não sai da baliza e teve culpa direta num golo. O Coelho tem de jogar e ponto final tenha ou não tenha Haguigui alguma cláusula para fazer um determinado número de jogos.
  Sábado outro jogo difícil com mais uma equipa europeia.
 Estamos na primeira liga e é preciso fazer algo para inverter estes resultados negativos. Não queremos ser o bombo da festa como aconteceu em 2005-2006.  FORÇA PENAFIEL

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

GOLOS, RIO AVE 3-2 PENAFIEL

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

PENAFIEL SEGUE EM FRENTE NA TAÇA DE PORTUGAL

  O FC Penafiel venceu o Tondela para a taça de portugal mas foi preciso chegar às grandes penalidades para saber quem era o vencedor da partida. Apesar da equipa penafidelense não ter feito um grande jogo, o domínio do mesmo pertenceu sempre à equipa rubro negra. Apesar disso a equipa de Tondela foi a primeira a marcar aos 23 minutos. Passados 3 minutos Guedes teve oportunidade de igualar a partida na conversão de uma grande penalidade, mas o avançado penafidelense com muitas "paradinhas" denunciou o remate e Cláudio Ramos defendeu sem grande dificuldade.
 O Penafiel atacava mas sem grande perigo e só na segunda parte com a entrada de Rui Miguel e Aldair a equipa de Rui Quinta chegou ao golo aos 73 minutos. Os festejos ainda duravam e o Tondela colocou-se novamente em vantagem num golo precedido de fora de jogo. Era o desânimo.
 A 5 minutos do final Guedes teve a oportunidade de se redimir da penalidade falhada na primeira parte e fez o empate. Artur Soares Dias passado um minuto marcou nova penalidade desta vez a favor do Tondela depois de uma falta de João Pedro que levou o segundo amarelo. Haguigui brilhou, dando um pequeno toque na bola fazenda esta bater no poste.
  No prolongamento mesmo com uma unidade a menos a equipa penafidelense tentou  marcar mas nunca foi capaz de chegar à baliza contrária com grande perigo.
  Nas grandes penalidades Haguigui brilhou mais uma vez e Guedes também marcou com nota artística, fazendo um penalti à Panenka. Pedro Araújo que já vestiu a camisola penafidelense falhou a quinta grande penalidade dando a passagem à 4.ª eliminatória para o FC Penafiel.
 Os jogadores penafidelenses notava-se que estavam cansados ao contrário dos jogadores da equipa adversária. Não se percebe este cansaço pois Rui Quinta não faz treinos bi diários. Os jogadores apenas treinam de manhã todas as semanas tendo todas as tardes folga.

 O Penafiel alinhou com Haguigui, Tony (Dani, 74'), Grilo, Pedro Ribeiro, João Pedro, Ferreira, André Fontes, João Martins (Rui Miguel, 54'), M'Bala (Aldair, 54'), Quinones e Guedes. Não utilizados: Coelho, Vitor Bruno, Rabiola e Nelson Lenho.
 

RESUMO, PENAFIEL 2-2 TONDELA (4-3 g.p.)

terça-feira, 14 de outubro de 2014

GUEDES FEZ 200 JOGOS

Guedes no seu primeiro ano como sénior
O nosso avançado Guedes fez com o Sporting o ducentésimo jogo oficial pela camisola penafidelense. Uma marca importante para um jogador que durante a sua carreira foi fustigado por várias lesões.
  O seu primeiro jogo pelo FC Penafiel foi na primeira liga e foi Luís Castro que o lançou. O jogo foi no Dragão a 17 de dezembro de 2005 entrando na partida aos 69 minutos no lugar de Bruno Amaro, jogador do Penafiel que marcou no Dragão no primeiro minuto. Nessa época jogara mais dois jogos na 1.ª liga e tinha como concorrentes para o seu lugar de avançado Roberto e Bibiskhov.
  Antes de ingressar no Paços de Ferreira em 2008-2009 fez a sua melhor época no clube apontando 9 golos, golos esses que não foram suficientes para o FC Penafiel se manter na 2.ª liga. Depois começaram a vir as lesões, quase todos os anos se lesionou, não sendo muito opção dos treinadores que passaram pelo clube. 
  O seu centésimo jogo foi frente ao Rebordosa, um jogo para a taça de portugal em que o FC Penafiel ganhou por 0-6.
Guedes e uma das suas lesões
Guedes a festejar um dos golos da subida de divisão

  Na época passada teve teve a sua quota parte na subida de divisão, pois com a saída de Rafael Lopes, foi Guedes que agarrou o lugar de ponta de lança e conseguiu fazer 8 golos, alguns deles decisivos como foram por exemplo os dois que marcou na Madeira e que deu direito a subir de divisão.
  Este ano começou bem a época, mostrando ser o avançado em melhor forma no plantel. Tem sido destacado na imprensa e na última jornada o jornal record colocou-o no seu 11 ideal. 
Com o Sporting fez o ducentésimo jogo oficial pelo nosso clube e por isso está de parabéns.
  Esperemos que continue com esta garra e crer em jogar e marcar golos.FORÇA FURACÃO




Guedes no seu ducentésimo jogo pelo FC Penafiel

sábado, 11 de outubro de 2014

FREAMUNDE 2-0 PENAFIEL

Com a paragem do campeonato o Freamunde e o Penafiel fizeram um jogo amigável hoje de manhã em que o resultado foi de 2-0 para a equipa de Paços de Ferreira. 
  O jogo foi disputado em Freamunde e as duas equipas ao longo dos 90 minutos rodaram jogadores tendo o Penafiel jogado por exemplo com um central júnior. O Freamunde que tem vindo a fazer um excelente campeonato na segunda liga e
em que está em primeiro lugar da tabela classificativa marcou aos 23 minutos por intermédio de Dally e na segunda parte Jô aos 65 minutos fez o resultado final 2-0. A equipa penafidelense teve oportunidade de marcar principalmente na segunda parte mas a eficácia não esteve do lado dos rubro negros.
 Foi um jogo de preparação em que o resultado não foi o melhor sendo agora o próximo jogo com o Tondela para a Taça de Portugal no próximo domingo.

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

SÓCIOS NÃO TINHAM LUGAR NA SUA BANCADA !!!

  No jogo com o Sporting alguns associados do clube quiseram entrar na sua bancada mas a entrada foi negada pelo porteiro, sendo remetidos para outro lado isto porque a bancada nova estava lotada.
  São situações que não podem acontecer no nosso estádio seja o adversário que for. São associados que pagam as quotas à muitos anos e que ficaram revoltados com esta situação. Com estas ações não se admirem se estes associados não queiram mais pagar as suas quotas e com razão. Os sócios já são poucos e temos que protegê los não fazendo estes gestos que os revoltam.
  Das cerca de 5500 pessoas no estádio mais de 4000 eram sportinguistas, sendo estes colocados em todas as bancadas do estádio, até na dos sócios. O estádio estava quase lotado, mas apenas uma pequena mancha vermelha e preta se via no estádio.
  Foi bonito ver o estádio cheio, mas acham que foi bom para o FC Penafiel ? Financeiramente não há dúvidas que foi ótimo, pois o clube encaixou cerca de 60.000 euros de receita de bilheteira. Mas desportivamente foi péssimo. Obviamente o apoio dos penafidelenses era inferior aos do Sporting e esse apoio sportinguista não tenham dúvidas ajudaram a equipa leonina a ganhar o jogo nos últimos 20 minutos.
  Não é que os penafidelenses não tenham apoiado a equipa, pois os penaboys e os restantes penafidelenses tiveram com a equipa e apoiaram durante quase os 90 minutos. Mas os adeptos do Sporting que ocupavam cerca de 80% do estádio "abafavam" os penafidelenses.
  As razões para isto acontecer foi o preço dos bilhetes serem muito baratos. Acredito que a direção penafidelense quisesse ver o estádio repleto de pessoas, mas os preços a baixo custo até os sportinguistas se admiraram. Até os bilhetes de sócio foram baratos tendo os associados pago apenas 3 euros.
  Se os bilhetes fossem mais caros, por exemplo na superior custassem 15 euros e na central por exemplo 22 euros, o encaixe financeiro era o mesmo ou até superior e os sportinguistas eram menos no estádio não havendo tanto apoio à equipa adversária.
  O baixo custo dos bilhetes também chamou os sportinguistas da terra ao jogo que em vez de apoiarem a equipa da terra foram apoiar o Sporting. Cada um é livre de fazer o que quer mas posso dizer que estas pessoas são penafidelenses de "segunda".
  No ano passado os jogos com o Benfica e Sporting não foram para o campeonato e sim de taças. Este ano é mesmo a doer e a direção tem que pensar em conquistar pontos com os grandes em casa e para isso o ambiente no 25 de abril tem que ser rubro negro. Para isso acontecer e muito bem, a direção pensou nos associados e colocou os bilhetes apenas a 3 euros para irem todos ao estádio.
  A direção tem que pensar o que quer, se a manutenção ou ver o estádio repleto de adeptos de equipas adversárias.
  Os diretores penafidelenses ainda não arranjaram ideias para cativar as pessoas da terra. Já foi dada a ideia de arranjarem alguns cobradores, mas parece que a direção não ligou muito a esta opção, pois isto já foi dito na época passada e voltou a falar-se este ano mas pelos vistos não acharam grande ideia ou então dá muito trabalho em arranjar 3 ou 4 cobradores... As parcerias com empresas da terra não têm sortido efeito e é preciso pensar melhor no que se há-de fazer.
  Isto que aconteceu com o Sporting não pode voltar acontecer e está visto que o FC Penafiel só pode contar com os seus habituais fiéis adeptos. Neste jogo se não fossem os Penaboys a fazer uma bonita coreografia o estádio era verde e branco. Pelo menos para já o Penafiel só pode contar com os Penaboys e com algumas centenas de sócios que acompanham sempre a equipa no 25 de abril. Pessoas da terra que vão ao estádio 25 de abril apoiar outra equipa o que é que se lhes há-de chamar??? Pessoas estas que tiraram lugar aos associados na sua bancada. Sou sincero, prefiro ver o estádio meio vazio do que cheio de adeptos adversários ou penafidelenses de segunda...

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

30 ANOS DE RELVADO

Faz hoje 30 anos que o nosso relvado foi inaugurado. Na imagem está a equipa que o estreou com o Sporting na época 84-85.
 Alguém sabe quem são estes jogadores ???

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

UMA GRANDE PRIMEIRA PARTE

  O FC Penafiel perdeu com o Sporting por quatro bolas a zero, mas fez um grande jogo, principalmente nos primeiros 45 minutos. Jogou de igual para igual com uma equipa claramente superior, criou duas oportunidades de golo, uma por Guedes que se isolou mas o remate saiu por cima, e um remate de André Fontes que Rui Patrício encaixou bem. Defensivamente Pedro Ribeiro foi o homem em destaque tanto no centro da defesa, como nas dobras aos seus laterais.
   Na segunda parte Marco Silva colocou em campo Montero e Adrien e com estas alterações táticas o Penafiel foi abaixo, depois das substituições aos 57 minutos o Sporting foi superior e chegou ao golo aos 69  minutos por Slimani e aos 71 o avançado argelino bisou deitando por terra as aspirações penafidelenses. A equipa rubro negra ficou um pouco desnorteada e ainda sofreu mais dois golos até ao final da partida. Montero fez o terceiro em posição irregular e Nani fez o quarto golo a 5 minutos de fim.
   Haghighi não esteve muito bem na baliza, quase não saiu dos postes e o primeiro golo sportinguista a bola claramente era dele. mas o guarda redes iraniano preferiu ficar na baliza. No terceiro e quarto golo também podia ter feito muito melhor.
  Foi um jogo com um grande e uma derrota não era surpresa nenhuma. Jogou se com grande garra e crer e agora só falta fazer isto nos jogos com equipas do "nosso campeonato".
  A próxima jornada será apenas dia 27 de outubro, uma segunda feira quando o FC Penafiel visitar o estádio dos arcos para defrontar o Rio Ave às 20 horas.
  Depois dos resultados e exibições e dos últimos jogos há que ter esperança na manutenção, mas a garra com que se tem jogado tem que continuar. FORÇA PENAFIEL

Ficha de jogo

Estádio 25 de abril, em Penafiel
Penafiel 0-4 Sporting
Ao intervalo: 0-0
Marcadores: 0-1, Slimani 69', 0-2 Slimani 71', 0-3 Montero 82', 0-4 Nani 85'.

Penafiel: Haghighi, Dani, Pedro Ribeiro, Bura, Nelson, Rafa, Ferreira, André Fontes (Vitor Bruno 77'), M'Bala (João Martins 72'), Aldair e Guedes ( Rabiola, 66). Suplentes não utilizados: Coelho, Tony, Quinones e Romeu Ribeiro.

Sporting: Rui Patrício, Cédric, Paulo Oliveira, Sarr, Jefferson, Willian Carvalho (Fredy Montero 57'), André Martins (Adrien Silva 57'), João Mário, Nani, Carillo (Capel 70') e Slimani.

Árbitro: Rui Costa. Ação discilplinar: Cartão amarelo para Willian Carvalho, André Fontes 51', Jefferson 51', Nani 59' e Montero 79'.

Assistência: Cerca de 5500 espetadores  

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

PENAFIEL RECEBE TONDELA PARA A TAÇA DE PORTUGAL

O sorteio da terceira eliminatória da taça de portugal decorreu hoje e o Tondela foi a equipa sorteada a jogar no 25 de abril com o FC Penafiel. 
 É um jogo em casa que ajuda bastante, mas isso não basta para ganhar o jogo. É preciso jogar nos limites para vencer as aguerridas equipas da segunda liga.
  Neste sorteio destaca-se o Porto-Sporting e Setúbal-Arouca equipas que se encontram na primeira liga. Os jogos estão marcados para o dia 19 de outubro.

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

INAUGURAÇÃO DO RELVADO COM O SPORTING EM 1984


Em jeito de antecipação do Penafiel - Sporting uma notícia sobre um jogo que decorreu à quase 30 anos.
  De hoje a 8 dias o nosso relvado irá fazer 30 anos que foi inaugurado num jogo do campeonato com o Sporting. A vitória sorriu aos penafidelenses por duas boas a zero com os golos a serem marcados por Tozé e Ferreira da Costa.
  No dia 8 de Outubro o relvado foi inaugurado custando na altura 11 mil contos. Pura coincidência ou não, o Sporting é a equipa que visita o 25 de abril a 4 dias do relvado completar 30 anos.
  Aqui fica a crónica do jogo em que o Penafiel foi muito superior e que o 2-0  foi muito lisonjeiro.
  Foi um dia especial pela inauguração do relvado, fora a primeira vitória do campeonato nessa época à sexta jornada e fora a primeira vitória sobre o Sporting.
  Esperemos que os nossos jogadores se inspirem neste jogo e no próximo sábado ganhem o jogo e conquistem os três pontos. FORÇA PENAFIEL

Tozé e Ferreira da Costa os marcadores dos golos penafidelenses

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

RESUMO MOREIRENSE 0- 0 PENAFIEL

PRIMEIRO PONTO FORA DE PORTAS

Foto Lusa
Rui Quinta continua sem perder para o campeonato, conquistando agora um ponto em Moreira de Cónegos com a equipa de Miguel Leal o Moreirense. O resultado final foi de 0-0 e o equilíbrio
entre as duas equipas notou-se em campo.
  O FC Penafiel entrou melhor na partida e dominou os primeiros 30 minutos, depois a equipa minhota equilibrou o jogo. Na primeira parte os avançados penafidelenses tiveram duas boas oportunidades de marcar mas o remate de Guedes foi muito por cima e um remate de Aldair saiu fraco.
 Na segunda parte o Moreirense teve melhor que o Penafiel e criou mais perigo para a baliza de Haghighi. Na segunda parte Rui Quinta fez colocou João Martins que entrou bem na partida e Quinones. O extremo colombiano teve a melhor oportunidade de golo por parte dos penafidelenses mas o remate saiu ao lado.
  Foi um jogo entre duas equipas que subiram à primeira liga, duas equipas que se conhecem muito bem. Os treinadores nas declarações aceitaram o empate, conquistando um ponto cada um nesta caminhada que é feita de pontos. Sábado o jogo será frente ao Sporting.
  

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

VEM APOIAR O PENAFIEL A MOREIRA DE CÓNEGOS


RESUMO COVILHÃ 3-1 PENAFIEL

RELATÓRIO DE CONTAS APROVADO

   Ontem realizou-se a assembleia geral do FC Penafiel onde o ponto principal era a aprovação do relatório de contas da época passada. No início da assembleia cumpriu-se um minuto de silêncio pela morte de Joaquim Jorge e Fernando Cabrita. Depois da homenagem o relatório foi aprovado por unanimidade pelos poucos sócios presentes, sócios esses que não chegavam a uma dezena. 
   Depois da aprovação das contas foram falados assuntos relativos ao clube. Debateu-se assuntos, fizeram-se perguntas às quais o presidente António Gaspar Dias respondeu aos associados presentes. Discutiu-se jogadores, dinheiros e principalmente o porquê de continuar haver poucos sócios. Depois da subida de divisão fizeram-se sócios cerca de 100 pessoas, um número muito baixo e que fica aquém das expectativas de toda a gente.
  Um associado de Meinedo, local que fica fora do concelho de Penafiel, pediu a palavra e disse que antigamante havia muitas pessoas de sua terra que iam ver o FC Penafiel e que agora não vão porque há falta de cobradores, as pessoas precisam de ser "picadas" para voltarem ao estádio afirmou ele. A direção já tinha sido alertada por este facto e este associado tem toda a razão. Não só em Meinedo como em todo o concelho de Penafiel. Os cobradores parece uma coisa do passado, mas neste momento precisavamos deles para ter mais sócios e mais dinheiro. O clube tem que ir atrás dos sócios e não o contrário. De resto a assembleia correu na normalidade havendo alguns diálogos acesos entre direção e associados, mas tudo acontecendo com respeito entre ambas as partes.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

PENAFIEL DERROTADO NA COVILHÃ

O FC Penafiel regressou ontem às derrotas. O jogo foi para a Taça da Liga com o Covilhã com qual perdeu 3-1.
  A primeira equipa a marcar foi o Covilhã aos 42 minutos através de uma grande penalidade, após uma mão de Tony na grande área. No início da segunda parte o Covilhã aumentou a vantagem também de bola parada. O Penafiel reduziu aos 70 minutos por Rabiola depois de uma defesa de Taborda mas no reatamento do jogo o Covilhã fez o 3-1 final por Erivelto que pelo lado esquerdo entrou na área marcando o terceiro para o Covilhã.
  Agora o FC Penafiel tem uma tarefa complicada, pois tem que marcar dois golos no 25 de abril. Rui Quinta neste jogo utilizou jogadores menos rodados deixando 5 titulares de fora em relação ao último jogo. Guedes, André Fontes, Aldair, Ferreira e Dani estiveram no banco e não jogaram a titulares.O resultado foi uma exibição fraca com resultado a condizer.

O FC Penafiel alinhou com Coelho, Tony, Pedro Ribeiro, João Pedro, Grilo, Rafa (André Fontes, 58'), Quinones (M'Bala, 45'), Romeu Ribeiro, João Martins, Bruninho (Aldair, 45') e Rabiola.
Suplentes não utilizados: Tiago, Dani, Ferreira e Guedes.

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

PENAFIEL JOGA HOJE NA COVILHÃ PARA A TAÇA DA LIGA

O FC Penafiel joga hoje a 1.ª mão da taça da liga na Covilhã. Desta vez somos a equipa da primeira liga e somos os favoritos à passagem à terceira fase. A eliminatória joga-se a duas mãos sendo a primeira hoje e a segunda a 29 de Outubro.
 Não houve grandes mudanças na convocatória e apenas Haghighi e Nelson ficaram de fora.
Henrique, Capela, Rui Miguel, Bura e Vitor Bruno continuam lesionados e não vão poder dar o contributo à equipa.
Já sabemos que estes jogos não são fáceis entre clubes da primeira e segunda divisão e a Académica que o diga no ano passado, por isso temos que entrar com a garra que se entrou em campo com o Vitória de Setúbal.
 A equipa já se encontra na Covilhã onde o jogo está marcado para as 16:00. A equipa não estará sozinha e duas dezenas de penaboys mesmo à semana acompanharão a equipa e os apoiarão.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

MAIS E MENOS DA SEMANA

O mais da semana vai para o avançado Guedes, esteve ligado aos dois golos penafidelenses  e teve muita garra em campo, no primeiro golo sofreu a falta e a marcar a grande penalidade não tremeu a marcou o seu primeiro golo na primeira liga. No segundo golo fez a assistência para André Fontes fazer o segundo do FC Penafiel. Guedes tem mostrado que merece ser titular, mostrando-se muito mais em jogo e mostrando mais raça que por exemplo Rabiola. Esperemos que continue assim, com este crer e garra para fazer muitos golos. FORÇA FURACÃO

O menos da semana vai para a falta de assistência nas bancadas do 25 de abril. O FC Penafiel é o clube com menos assistência na primeira liga, com equipas como Arouca e Moreirense à frente nesta tabela. Penafiel tem 72 mil habitantes e tem uma média de 1300 espetadores, Arouca que tem 22 mil habitantes tem mais adeptos no estádio que os rubro negros e o Moreirense que é uma freguesia de Guimarães com cerca de 5000 habitantes no estádio tem uma média de 2172.
  É verdade que os resultados não têm ajudado, mas isso não é desculpa para tudo. Os penafidelenses têm que estar mais unidos, os bilhetes têm que ser mais baratos, principalmente quando as equipas que vão ao 25 de abril são de longe e trazem poucos adeptos, isto para chamar os adeptos de Penafiel. Se os bilhetes fossem a metade do preço o clube em vez de vender 20 bilhetes, vendia mais de 50 e as bancadas estavam mais preenchidas. É uma proposta para a nossa direção, para vermos o nosso estádio com mais pessoas.

domingo, 21 de setembro de 2014

TEREMOS ESTA GARRA EM TODOS OS JOGOS ?

Os jogadores penafidelenses transcenderam-se e fizeram uma magnífica exibição com o Vitória de Setúbal. O resultado foi de 2-0 com os golos a serem apontados por Guedes e André Fontes.
  O empenho e a garra que os jogadores penafidelenses tiveram foram demais evidentes que juntando a uma maior confiança em si próprios derrotaram a equipa sadina.
  Foram os primeiros pontos do FC Penafiel no campeonato já com a orientação de Rui Quinta, demonstrando que a mudança de treinador resultou. O técnico penafidelense optou por Aldair, M'Bala e Guedes na frente e não se deu mal. Guedes foi dos melhores jogadores em campo, dando muito trabalho na frente de ataque aos defensores de Setúbal. Na defesa os centrais e os laterais estiveram muito bem, não dando muito espaço a Giovani, Ponce e Manú. O meio campo com Rafa, Ferreira e André Fontes chegaram para as encomendas.
  O primeiro golo aconteceu aos 12 minutos por intermédio de Guedes, o avançado penafidelense sofreu uma carga dentro da área e o mesmo converteu a grande penalidade. Ainda na primeira parte Haghighi teve preocupação em dois lances mas felizmente o perigo passou. André Fontes ainda mandou uma bola à barra também nos primeiros 45 minutos. Na segunda parte aos 72 inutos André Fontes depois de uma assistência de Guedes rematou para fazer o resultado final de 2-0. Foi um golo que descansou os penafidelenses conquistando a primeira vitória no campeonato. 
 Na próxima semana o jogo será em Moreira de Cónegos com a equipa de Miguel Leal o Moreirense.

Jogo no estádio 25 de abril
Penafiel 2-0 Setúbal
Ao intervalo: 1-0
Marcadores: 1-0 Guedes 12' e André Fontes 72'

Equipas: 

Penafiel: Haghighi, Dani, Pedro Ribeiro, João Pedro, Nelson Lenho, Rafa, Ferreira, André Fontes (João Martins 78'), Aldair, M'Bala (Quinones 66') e Guedes (Rabiola 82')

Vitória de Setúbal: Ricardo Batista, Pedro Queirós, Advíncula, Frederico, Miguel Lourenço (Marcos Vinicius 28'), Schmidt (Miguel Pedro 28'), Dani, Paulo Tavares, Manú, Ponce (Forbs 54') e Giovani.

Árbitro: Olegário Benquerênça

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Miguel Lourenço 7' Aldair 42', Pedro Queirós 67', Dani 69', Manu 73'. João Pedro 87'. Cartão vermelho para Advíncula 51' e Manú aos 77 com duplo amarelo.

Assistência:  Cerca de 1100 espetadores




terça-feira, 16 de setembro de 2014

OFICILAMENTE RUI QUINTA É O NOVO TREINADOR

 
Depois dos maus resultados conseguidos por Ricardo Chéu a direção penafidelense optou por contratar Rui Quinta para o comando técnico do FC Penafiel. Rui Quinta é praticamente um homem da casa, já que passou muitos anos na formação do clube e comandou a equipa penafidelense na época 2008-2009 quando o FC Penafiel se encontrava na II-B. Nessa altura  nunca foi um treinador consensual pois era muito defensivo contra equipas muito fracas.
 Desta vez pode ser uma boa opção pois o que precisamos é de defender bem e fazer o mais rápido possível pontos que criem alguma estabilidade e tranquilidade ao grupo. 
 Em 2009-2010 treinou o Gil Vicente mas não se deu bem deixando a equipa gilista à 21.ª jornada com apenas três vitórias caseiras.
  Em 2011-2012 ingressou no FC Porto onde foi adjunto de Vitor Pereira por dois anos e foi campeão nessas duas temporadas.
  Na época passada esteve sem clube e este ano a direção penafidelense deposita confiança total no treinador para manter o FC Penafiel na primeira liga. Boa sorte mister...

4 JOGOS, 4 DERROTAS

  No jogo com o Marítimo o FC Penafiel averbou mais uma derrota para o campeonato desta vez por 2-0.
  Mais uma vez o jogo não saiu de feição à equipa de Ricardo Chéu onde quase não se criaram oportunidades de golo. A equipa de Leonel Pontes entrou a dominar e o fez até ao final da partida, à exceção de 5, 10 minutos na segunda parte.
  Na primeira parte os penafidelenses ainda aguentaram as cargas maritimistas, e só um remate de Rui Miguel do meio campo a tentar surpreender Sallin respondeu aos remates da equipa do Funchal.
  Na segunda parte aconteceram os golos do Marítimo, o primeiro aconteceu aos 51 minutos, Fransérgio nem precisou de tirar os pés do chão para cabecear para o fundo das redes.
  O segundo golo aos 63 minutos marcou Weeks depois de a bola embater no no poste, o médio foi mais rápido que os jogadores penafidelenses e encostou para o 2-0.
  Até ao final só houve duas jogadas de perigo a favor do Penafiel e vindas dos jogadores que entraram na segunda parte, Bruninho e Aldair foram os protagonistas dessas jogadas, mas os remates foram fracos.
  Foi a quarta derrota do Penafiel em quatro jogos. A situação está complicada, mas perfeitamente recuperável em termos de tabela classificativa.

Jogo no estádio dos Barreiros
Marítimo 2-0 Penafiel
Marcadores: Fransérgio 51' e Weeks, 63'

Equipas: 
Marítimo: Sallin, João Diogo, Gégé, Bauer, Ruben Ferreira, Danilo Pereira, Fransérgio, Weeks (Fernando Ferreira, 81), Edgar Costas, Vidales (Ibrahim 64'), Dyego Sousa ( Maazou 69').
Treinador: Leonel Pontes

Penafiel: Haghighi, Dani, Pedro Ribeiro, Bura, Nelson, Ferreira (João Martins 65'), Rafa, André Fontes, Guedes ( Bruninho 63'), M'Bala ( Aldair 45') e Rui Miguel.
Teinador: Ricardo Chéu 

Árbitro: Bruno Paixão
Ação disciplinar: cartão amarelo para M'Bala, 22', Nelson 59', Rui Miguel 85' e Bruninho 90'.