terça-feira, 26 de setembro de 2017

QUE NOME SUCEDER A TONI ?

  Muitos são os nomes que podem suceder a António Conceição e a direção penafidelense terá que escolher um. Muitos treinadores estão no desemprego à espera de uma oportunidade, alguns com créditos firmados, outros que já passaram por Penafiel, outros que esperam uma chance de treinar um clube como o FC Penafiel.
   Depois da saída de Miguel Leal a direção penafidelense tem encontrado dificuldades em encontrar um treinador capaz colocar a equipa rubro negra no caminho das vitórias e subida de divisão. O único que teve algum sucesso foi Paulo Alves que na época passada atrasou ao máximo a subida do Aves.
  Ricardo Chéu, Carlos Brito, Rui Quinta e agora Toni saíram apostas falhadas numa tentativa de subida de divisão.
  Agora veremos o nome que se segue. O blog irá dizer dois nomes que gostaria que estivessem em Penafiel. Petit e Lázaro Oliveira. Podem dizer "o Petit não virá para Penafiel". É verdade, mas por exemplo quem diria que Miguel Leal voltaria à segunda liga??? Pois voltou, só é preciso ter um bom projeto. Então este ano não se ia apostar numa subida de divisão??? Para isso é preciso ter um treinador competente, que coloque os jogadores a jogar com raça e toda a gente sabe que com Petit a raça não ia faltar. O outro nome é o de Lázaro Oliveira, já passou por Penafiel como jogador e como treinador e deixou saudades e já disse que um dia gostaria de voltar à nossa terra.
  Obviamente haverá muitos nomes e não será fácil a direção acertar num nome consensual entre todos os adeptos. Já se falou em Jorge Costa, em Filipe Gouveia, Faquirá, Norton de Matos, Álvaro Magalhães, Filó e até pode não ser nenhum destes. Os adeptos penafidelenses apenas pedem um que lute por vitórias. Venha ele.
  

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

TONI JÁ NÃO É TREINADOR DO FC PENAFIEL

  O FC Penafiel emitiu um comunicado a dizer que o FC Penafiel e António Conceição chegaram a acordo para terminar o vínculo entre ambas as partes.
  Depois da derrota de ontem e das más exibições dos últimos jogos algo tinha que se fazer. 
  No final do jogo de ontem  já tinha havido alguma contestação onde o presidente da associação penaboys tinha abordado o treinador António Conceição a pedir satisfações pelos resultados obtidos e pela sua atitude depois dos jogos.
  O mister não gostou muito de ser abordado mas teve que ouvir as palavras dos penaboys presentes em Vila Franca de Xira. Uma palavras com o treinador adjunto também foram dadas, dizendo ele e muito bem que quando há maus resultados a parte fraca recai sempre na equipa técnica insinuando que talvez os jogadores podiam dar mais do que têm dado em campo. 
  Agora com outro treinador veremos de quem será a culpa...
  Contudo os penafidelenses desejam a maior felicidade à equipa técnica, pois com certeza deu o melhor que tinha, não sendo obviamente o suficiente. 
  Veremos agora quem será o novo treinador. Os adeptos querem um treinador com raça que coloque a equipa a jogar todos os jogos como se de uma final se tratasse e qu
e consiga vitórias.

O RESUMO

ISTO VAI DE MAL A PIOR


  O FC Penafiel ontem averbou mais uma derrota, desta vez para a taça de portugal no reduto do Vilafranquense por 1-0.
  O golo foi conseguido na segunda parte de livre direto sendo o veterano Luís Pinto a fazer o gosto ao pé. 
  Foi mais um jogo paupérrimo da nossa equipa em que não conseguiu criar jogadas de perigo e raros remates à baliza contrária. António Conceição fez algumas alterações no onze em relação ao jogo com o Real Massamá, seis no total mas as alterações não surtiram efeito. Em todos os setores o técnico penafidelense mudou, mas não foi o suficiente. O jogo direto e passes longos tem sido o preferido de António Conceição e com homens como Caetano e Ludovic de estatura baixa  no ataque a ganhar bolas de cabeça obviamente o resultado são bolas perdidas.
  O golo do Vilafranquense foi marcado aos 79  minutos mas nem depois do golo o FC Penafiel conseguiu importunar a baliza de Carlos.
  Os ventos não correm favoravelmente em Penafiel e a culpa não é apenas do treinador. Os jogadores têm que dar mais em campo, não falhar passes com têm falhado e jogar com mais raça. E claro a direção tem a sua quota parte, pois afirmou que esta época ia tentar uma subida de divisão, mas a equipa é bem inferior à da época passada. Não conseguiram segurar alguns jogadores, não quiseram renovar com outros, trocou de treinador e o resultado está à vista.
  Só há dois pontas de lança no plantel e os jogadores contratados até agora para colmatar as saídas de jogadores como Gonçalo Abreu, Fernando, Fidélis, Wellington e André Fontes para já estão-se a mostrar inferiores pelos jogos que têm feito.
   E os jogadores do Portimonense que vinham para Penafiel ??? Apenas veio o médio Gustavo, jogador que apenas fez 5 jogos a titular pela equipa algarvia. 
   Está a ser uma época muito má, eliminados da taça da liga na primeira eliminatória, eliminados na taça de portugal também na primeira eliminatória e no campeonato encontra-se num 15.ª lugar a 2 pontos dos lugares de descida e a 8 da subida. Que mais vai acontecer ao nosso Penafiel ???

O FC Penafiel alinhou neste jogo com José Costa, Kalindi, Diouf, Luís Pedro, Daniel Martins, Romeu Ribeiro, Gustavo, Tiago Ronaldo, Caetano, Ludovic e Fábio Abreu. Jogaram ainda Gleison, Danilo e Fábio Fortes.
  
   

  

terça-feira, 19 de setembro de 2017

ASSIM FICA DIFÍCIL

O melhor do FC Penafiel, os seus poucos adeptos mas sempre fiéis 
  O FC Penafiel perdeu este fim de semana com Real Massamá por 3-1, em mais um mau jogo da nossa equipa. Erros individuais, penaltis desnecessários, sem jogadas de perigo, sem remates à baliza deu o 3-1 final.
  Os primeiros 19 minutos o Penafiel até se bateu bem com a equipa adversária mas com sinal mais do Real, mas depois da expulsão de José Gomes aos 19 minutos que empurrou o jogador dentro da área a equipa rubro negra nunca foi capaz de inverter o rumo dos acontecimentos. O penalti não deu em nada ficando 0-0 até aos 44 minutos. Mesmo antes de acabar a primeira parte outro penalti desnecessário, Kalindi meteu a mão à bola num cruzamento e desta vez a grande penalidade foi convertida.
 O técnico penafidelense tentou chegar ao empate colocando Ludovic e Fábio Fortes em campo, jogando apenas com três centrais e conseguiu empatar a partida aos 80 minutos também de grande penalidade através de Diouf.
Volvidos dois minutos o Real passou novamente para a frente do marcador, numa falta desnecessária deu origem a um canto curto e de cabeça e sem oposição a equipa de Massamá fez o 2-1.
  Aos 90 minutos com o Penafiel tentando o empate o Real marcou o terceiro golo sentenciando o jogo.
  Foi uma partida em que a expulsão aos 19 minutos teve relação direta com desfecho final.Os jogadores lutaram mas falta afinar muita coisa, algo que o técnico penafidelense já teve tempo para o fazer.
  No final do encontro os jogadores penafidelenses foram dar a cara aos adeptos rubro negros, Penaboys e alguns penafidelenses que vivem pelo sul, mas quem devia dar a cara era o treinador Toni que foi direto para o balneário. 
  Agora vem um jogo para a taça de portugal frente ao Vilafranquense, veremos qual o resultado contra uma equipa de escalão inferior, mas como o FC Penafiel está a jogar já se espera de tudo...
  

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

O ADVERSÁRIO É O REAL

  Neste fim de semana joga-se a 7.ª jornada da segunda liga e o FC Penafiel desloca-se a Massamá  em Sintra para defrontar o Real Sport Clube.
  A equipa de Massamá perdeu os últimos 5 jogos e a equipa rubro negra tentará que a equipa sintrense continue nesta fase negativa. A equipa de Toni se vencer irá certamente para os lugares cimeiros da tabela perseguindo Santa Clara, Nacional e Viseu que se enconram nas três primeiras posições.
  A equipa adversária é nova nestas andanças e será a primeira vez que o FC Penafiel a defrontará. No entanto as duas equipas têm um fator em comum, nasceram, ambos no ano de 1951. Veremos quem vence esta partida ou se haverá um empate, resultado que não serve a nenhuma das equipas.
  

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

O REI DAS MULTAS

O rei das multas "Romeu Ribeiro"
  O campeonato ainda vai no seu início mas veremos semana a semana quem na equipa penafidelense paga mais para os cofres da liga. Já vamos na sexta jornada e já temos alguns homens com alguns amarelos sendo o Romeu Ribeiro para já o rei das multas sendo também o jogador que mais amarelos tem no campeonato, quatro no total. O FC Penafiel curiosamente também é a equipa da segunda liga com mais amarelos de todas as equipas, com 21 amarelos. Com estes números com certeza não iremos levar o prémio fair play.
 Isto é apenas uma estatística e por um lado até quer dizer que queremos travar a todo o custo os jogadores contrários. Há quem diga que a defesa começa no ataque e Fábio Fortes com três amarelos tem bem esse espírito. Doze jogadores já levaram a cartolina amarelo em jogos para o campeonato e como referido Romeu Ribeiro está em primeiro lugar pagando um total de 126 euros, no pódio estão também Rafa com 81 euros e Fábio Fortes com o mesmo valor. 

Clica na imagem
  Na tabela representada está a restante lista de jogadores com os amarelos levados mostrando também em que jornada foi e respetivo castigo (valor em euros) de cada amarelo. Os valores vão aumentando gradualmente cada vez que um jogador leve um amarelo. Pelo primeiro amarelo um jogador tem de pagar 18 euros, o segundo amarelo 27 euros, o terceiro amarelo 36 euros e o quarto amarelo 45'. Estes são os números apresentados para os nossos jogadores até à sexta jornada. No total o FC Penafiel já pagou 504 euros em amarelos à liga em jogos para o campeonato.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

A PROCISSÃO AINDA VAI NO ADRO

Clicar na imagem

Clicar na imagem
  Após seis jornadas o FC Penafiel encontra-se em 11.º lugar da tabela classificativa com duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Os pontos foram ganhos maioritariamente no estádio 25 de abril, conquistando apenas um ponto fora de casa. O próximo adversário é o Real Massamá que nos últimos cinco jogos perdeu-os todos.
   Quanto às outras equipas, quatro delas apontadas aqui no blog como candidatos à subida de divisão estão nas quatro primeiras posições sendo elas, Santa Clara, Nacional, Viseu e Gil Vicente. Quem está a desiludir mais uma vez é a Académica e o Arouca recém despromovido da 1.ª liga.
  No entanto a procissão ainda vai no adro e ainda há muito campeonato pela frente. FORÇA EQUIPA

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

VITÓRIA SOFRIDA

  O FC Penafiel venceu ontem o Cova da Piedade por uma bola a zero com o golo a ser apontado por Fábio Abreu com o golo a ser apontado  aos 40 minutos.
  Foi um jogo muito equilibrado, mas sem grandes ocasiões de golo. A defesa esteve algo intranquila com Ivo e Luís Pedro a terem hesitações que podiam ter dado mau resultado.
  O golo penafidelense aconteceu numa jogada pelo flanco esquerdo, com José Gomes a fazer um cruzamento para Fábio Abreu que fez um bom cabeceamento.
  No começo da segunda parte a equipa penafidelense teve uma ocasião soberana para marcar mas o central Diouf rematou fraco da marca dos onze metros, nma penalidade que costuma rematar forte, ontem decidiu colocar a bola e sai-se mal. 
  O Cova da Piedade acentuou o seu ataque à baliza de Ivo mas praticamente de bolas paradas conseguiu algum perigo.
  Toni fez algumas alterações e refrescou todo o setor atacante, Gleison, Fábio Abreu e Vasco Braga deram lugar a Ludovic, Fábio Fortes e Caetano. Vasco Braga esteve pouco em jogo pois de longe rende mais no meio e não se percebe a sua inclusão no corredor esquerdo, já que o plantel tem jogadores para esse setor.
   Foi um bom jogo, os jogadores esforçaram-se e foi pena os últimos 15 minutos que os penafidelenses apenas jogaram em contra ataque, havendo até uma excelente oportunidade de golo, mas os jogadores rubro negros não foram capazes de finalizar a jogada.

Jogo disputado no Estádio 25 de Abril, em Penafiel.
Penafiel - Cova Piedade, 1-0.
Ao intervalo: 1-0.
Marcador:
1-0, Fábio Abreu, 40 minutos.

Equipas:
Penafiel: Ivo Gonçalves, Luís Dias, Luís Pedro, Diouf, José Gomes, Romeu Ribeiro, Rafa Sousa, Gleison (Ludovic, 74), Gustavo, Vasco Braga (Caetano, 87) e Fábio Abreu (Fábio Fortes, 89).
(Suplentes: Tiago Rocha, Paulo Bessa, Kalindi, Tiago Ronaldo, Ludovic, Caetano e Fábio Fortes).
Treinador: António Conceição.

Cova da Piedade: Pedro Alves, Adilson, Willyan, Daniel Almeida (Ballack, 79), Evaldo, Soares, Hugo Firmino, Paulo Tavares (Rui Sampaio, 63), Robson, Dieguinho e Cleo (Liu, 63).
(Suplentes: João Kuspiosz, Tiago Lima Pereira, Michael da Silva, Ballack, Rui Sampaio, Liu e Sori Mané).
Treinador: João Barbosa.

Árbitro: António Nobre (Leiria).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Romeu Ribeiro (05), Dieguinho (21), Luís Pedro (35), Willyan (51), Robson (58), Soares (67), Vasco Braga (79), Rafa Sousa (81) e Fábio Fortes (90).

Assistência: 515 espetadores.

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

É PRECISO MAIS PARA CONSEGUIR VITÓRIAS

   Domingo o FC Penafiel recebe o Cova da Piedade em jogo a contar para a 6.ª jornada da segunda liga. o adversário está em 12.º lugar com apenas mais um ponto que os rubro negros, a equipa da margem sul está na máxima força sem lesionados e sem castigos. No FC Penafiel, Ivo o guarda redes habitualmente titular aparentemente está apto para jogar, quanto ao restante plantel parece estar a 100% apesar de haver vários jogadores que não estavam a todo o gás desde o início da época. Agora falta saber depois desta paragem no campeonato se o índice físico dos jogadores já está mais alto, pois como já foi dito as pernas têm faltado. Sem raça não há vitórias e é preciso discutir os lances e jogar os 90 minutos como se de uma final se tratasse e fazer dos estádio 25 de abril uma verdadeira fortaleza. FORÇA EQUIPA

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

TEM FALTADO AS PERNAS...

  Depois de um período de férias o blog voltará a dar notícias sobre o FC Penafiel e antes fossem boas notícias, mas os resultados e exibições assim não o permitem. 

  O início de temporada não tem sido fácil para a equipa rubro negra e em seis jogos oficiais apenas aconteceu uma vitória sofrida sobre o Braga B. O adeus precoce à taça da liga foi inesperado e apenas uma vitória em cinco jogos para o campeonato é muito pouco para uma equipa que foi feita para lutar pela subida de divisão.  Até podia haver boas exibições mas nem por aí se pode dizer bem. 
  A defesa é a terceira mais batida do campeonato, no meio campo não há criatividade e o ataque é o quinto pior de todas as equipas. As diferenças são bem notórias para a época passada onde não há o futebol apoiado do técnico Paulo Alves. Em 2016-2017 à 5.ª jornada o FC Penafiel tinha o dobro dos pontos e encontrava-se em 3.º lugar. É certo que Toni ainda não teve tempo de olear a sua máquina, mas os outros treinadores das outras equipas também não.  
  Nos jogos nota-se principalmente que os jogadores não têm tido pernas para aguentar os 90 minutos estando as outras equipas bem mais preparadas fisicamente. O FC Penafiel até tem marcado primeiro nos jogos mas depois baixa muito as linhas, jogando com muitos médios defensivos. Mas de quem foi a ideia de não renovar com André Fontes??? Um jogador preponderante no meio campo penafidelense em todos os anos que representou o clube e que faz muita falta à equipa. 

  Não se percebe algumas não renovações que a direção não fez como por exemplo o jogador referido, Coelho, Pedro Araújo e Gonçalo Abreu. Até agora o plantel apenas tinha um defesa esquerdo e nos últimos dias de mercado renovaram com Daniel Martins, jogador propenso a lesões. O plantel apenas conta com dois pontas de lança (e se um se lesiona) mais uma vez pouco para as pretensões do clube.

   Algo vai mal e tem-se que corrigir rapidamente o que pode estar a causar estes maus resultados. É preciso haver uma direção unida, e um plantel unido para tudo dar certo. A bater na mesma tecla mas nunca é demais pois nunca se fez nada quanto a isso, é preciso cativar novos sócios, haver animação nos intervalos, e haver uma boa política de marketing. Que interessa haver uma loja que poucos produtos tem à venda e que nos dias de jogos encontra-se fechada??? Alguns emigrantes presentes em Penafiel em Agosto quiseram levar camisolas para o seu país de trabalho, não as levaram porque precisaram de esperar uma semana para a camisola estar pronta ! É preciso mais para o clube se tornar mais forte...

  
  
    

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

OUTRA VEZ...


O FC Penafiel mais uma vez não conseguiu vencer depois de estar na frente do marcador. Fábio Fortes marcou  para os rubro negros sendo que o golo já foi na segunda parte. Já nos descontos o Famalicão empatou a partida fazendo o 1-1 final.

 Foi um bom jogo de futebol com as duas equipas a jogarem para a vitória, o problema é que na segunda parte ao Penafiel as forças nas pernas faltaram e o Famalicão mais bem preparado fisicamente aproveitou para marcar. Mesmo depois do golo do empate so o Famalicão quis vencer com o Penafiel a ver jogar. Faltou o meio campo ofensivo, é preciso um patrão para o meio campo. Não ha nada apontar aos jogadores pois deram o que tinham. Há qualidade e trabalho e como disse o técnico penafidelense na conferência de imprensa não basta ligar um botão que a equipa faz tudo, é preciso tempo. É verdade, mas o que faltou neste jogo foram as pernas e preparação física para aguentar os 90 minutos.
Sábado o jogo é com o Porto B, veremos como a equipa estará depois de mais uma semana de trabalho.

Jogo disputado no Estádio Municipal 25 de Abril, em Penafiel
Ao intervalo: 0-0
Marcadores: Fábio Fortes, 55'; Jaime Poulson, 90'+2

Penafiel: Ivo, Kalindi, João Paulo, Diouf, José Gomes, Romeu Ribeiro, Rafa Sousa, Ludovic, Caetano (César, 77'), Gleison (Danilo, 83') e Fábio Fortes (Hélio, 90'+1)
Suplentes não utilizados: José Costa, Dias, Paulo Bessa e Luís Pedro
Treinador: Toni Conceição

Famalicão: Leonardo, Dani, Ângelo, João Faria, Jorge Miguel, Mendes (Jaime Poulson, 60'), Hocko (Nélson Cunha, 73'), Fred (Zé Lucas, 59'), William, Feliz e Thuíque
Suplentes não utilizados: Gabriel, Fernandinho, Joel e Nuno Diogo
Treinador: Dito

Árbitro: António Nobre (AF Leiria)
Ação disciplinar: cartão amarelo para Fred (10'), Romeu Ribeiro (12'), Hocko (14') e Ângelo (21')
Assistência: Cerca de 500 espectadores

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

HAT-TRICK DE DAMIÃO

  Damião foi o jogador e único que fez um hat-trick ao Famalicão. Esteve em Penafiel apenas uma época 1971-1972 e foi o melhor marcador da equipa juntamente com Sérgio com os dois a marcarem 9 golos cada. 
  O jogo com o Famalicão foi a 14-05-1972, jogava-se então a 27.ª jornada e o FC Penafiel venceu por 4-1 com Damião a fazer um hat-trick e Pereira a fazer o outro golo. Com esta vitória os rubro negros praticamente asseguraram a manutenção faltando apenas três jornadas para o término do campeonato. Damião jogou no Tirsense, FC Penafiel e União de Coimbra jogando a maior parte dos anos no União de Coimbra. Aqui fica mais uma curiosidade dos jogos entre o FC Penafiel e o Famalicão.
  

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

FAMALICÃO É O PRÓXIMO ADVERSÁRIO

O primeiro Penafiel - Famalicão
   Com o rescaldo do primeiro jogo feito e com a equipa penafidelense já em Penafiel, depois de uma pequena aventura e transtorno na viagem à madeira, com a equipa a ficar retida na ilha devido ao vento o adversário que se segue é o Famalicão.
   A equipa minhota já conta com 24 visitas oficiais a Penafiel onde não se tem saído nada mal. Foi nos anos 60/70 que os dois emblemas se defrontaram por mais vezes, quando militavam na segunda divisão nacional zona norte. Dos 24 confrontos o FC Penafiel apenas venceu por 9 ocasiões, empatou oito e perdeu por sete vezes e por isso uma equipa que sempre deu trabalho aos rubro negros. A última vitória sobre o Famalicão no 25 de abril já foi à mais de 20 anos em 1996 ocasião que o FC Penafiel venceu por 1-0.
  O primeiro jogo aconteceu em 1960, as duas equipas estavam na III divisão nacional e os penafidelenses venceram por uma bola a zero. A imagem e crónica refere-se a esse jogo. Mais curiosidades serão publicadas nos próximos dias sobre os jogos com o Famalicão.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

MAIS E MENOS DA SEMANA

   O mais da semana vai para Fábio Fortes, o avançado que foi o melhor marcador da época passada pelo FC Penafiel começou bem a época e marcou um bom golo nesta primeira jornada. Não fez um jogo por aí além mas esforçou-se como sempre e marcou um golo que é o que se pede a um avançado.
   Fábio Fortes na época passada marcou 11 golos para o campeonato e se em 2017-2018 também chegar pelo menos a 10 golos irá entrar na restrita lista de jogadores que por duas vezes alcançou a dezena de golos em épocas diferentes. Neste momento apenas 8 jogadores o conseguiram e foram eles: Michel, Roberto, Moura, Carlos Freitas, Marcão, Amâncio, Abel e Nelson. Fábio Fortes pode ser o avançado que se segue. 
   Para esta estatística apenas contam as épocas de segunda divisão norte, segunda liga e primeira liga, isto desde 1965, ano em que o FC Penafiel ingressou na segunda divisão nacional. Veremos se Fábio Fortes conseguirá entrar para a história do clube.

  O menos da semana vai para Toni, o treinador começou a defender muito cedo, dando ao Nacional oportunidades de marcar, algo que aconteceu aos 86 minutos. Ao longo destes anos não nos lembramos do FC Penafiel acabar um jogo com 6 defesas e dois médios de características defensivas.   Não foi o Nacional que empurrou os penafidelenses para a defesa, mas sim as opções do treinador nos últimos 15 minutos. Compreende-se a opção de António Conceição de tapar os caminhos da baliza de Ivo, mas o que é demais é erro. No entanto durante o jogo a equipa penafidelense esteve sempre por cima dos madeirenses, mas aqueles minutos finais...